Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO e Grupo Uniggel celebram cooperação técnica para produção de viseiras

Notícias

IFTO e Grupo Uniggel celebram cooperação técnica para produção de viseiras

Enfrentamento à Covid-19

Equipamentos serão entregues para profissionais das áreas de saúde e educação
por Maiara Sobral publicado: 29/06/2020 08h06 última modificação: 29/06/2020 08h09

Uma cooperação técnica entre o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e o Grupo Uniggel atuará na linha de frente no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Em razão dessa parceria, a unidade de Lagoa da Confusão do IFTO produzirá 300 viseiras tipo face shield, que é um dos principais equipamentos de segurança no combate ao novo coronavírus.

O Grupo Uniggel disponibilizará a impressora 3D e o Instituto providenciará os insumos necessários para a produção das máscaras, que serão entregues aos profissionais de saúde e educação do município de Lagoa da Confusão, até o final do mês de agosto. O projeto foi aprovado pelo IFTO, por meio do edital de enfrentamento à Covid-19 e tem como equipe os professores Jardel Santos e Reinaldo Medeiros, e os estudantes Angela Carolina Gonçalves Santos e Doriedson da Silva Vasconcelos.

                                                                         Protótipo da viseira que será  produzida por meio dessa parceria

"A parceria IFTO-Uniggel é a primeira ação promovida entre instituições públicas e privadas na nossa unidade. Sempre entendemos a importância do setor produtivo na alocação dos estudantes no mercado de trabalho, e agora abrimos um novo caminho, uma parceria para desenvolver socialmente o município de Lagoa da Confusão. Somos gratos ao Grupo Uniggel pela disponibilização da impressora, que atenderá à produção das viseiras e também à prototipagem de outros produtos para o campo e indústrias do agro", destaca o diretor da unidade de Lagoa da Confusão, Jardel Santos.

Segundo a diretora administrativa do Grupo Uniggel, Betânia Garcia,"é muito satisfatório fazer parte deste projeto com o IFTO, na construção das máscaras de proteção, para que possamos garantir a saúde dos nossos profissionais de educação e saúde em tempos de pandemia da Covid-19".