Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Com 15 premiações, estudantes do Campus Palmas brilham na OBMEP e garantem três medalhas de bronze

Notícias

Com 15 premiações, estudantes do Campus Palmas brilham na OBMEP e garantem três medalhas de bronze

Olimpíada de Matemática

12 menções honrosas e 3 medalhas de bronze
por Eliane Vieira publicado: 02/01/2023 17h41 última modificação: 03/01/2023 16h26
Da esquerda para direita, os medalhistas de bronze na OBMEP:
Arthur Henrique, Brenno Quixabeira e Victor Alexandre

Da esquerda para direita, os medalhistas de bronze na OBMEP: Arthur Henrique, Brenno Quixabeira e Victor Alexandre

Os estudantes do Campus Palmas, do IFTO, brilharam mais uma vez na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP, garantindo 15 premiações na 17ª edição da competição, que foi realizada em 2022. Nossos estudantes conquistaram três medalhas de bronze e 12 menções honrosas.

As premiações são resultado do trabalho feito pelos professores de matemática da unidade Palmas durante todo ano junto aos estudantes, que além de estudarem os conteúdos matemáticos em sala de aula também participaram do projeto de ensino "Grupo de Estudos de Matemática", conduzido pelos professores Antônia Lília Soares Pereira e Jaime do Espírito Santo Vieira Júnior.

“Nunca tivemos um resultado tão bom, principalmente com os estudantes do 1º ano, porque esses alunos ainda não viram todos os conteúdos. Então esse resultado é fruto do trabalho em conjunto de todos os nossos professores e, em especial, destaco a colaboração da professora Michele Cristiane Diel Rambo, que é professora do 1° ano”, ressalta a professora Antônia Lilia.  

Medalhistas

Feliz com o resultado, o estudante Arthur Henrique Pestana Schneider, que cursa o 2º ano do curso Técnico em Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio e conquistou uma medalha de bronze na competição, a participação na OBMEP abre novas oportunidades. “Eu realmente fiquei feliz, ainda mais porque a OBMEP oferece a todos os medalhistas um Programa de Iniciação Científica que amplia muito o meu futuro desenvolvimento acadêmico”, destaca Arthur.

Já para o estudante Brenno Quixabeira Câmara Dias, que cursa o 1º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio, conquistar uma medalha de bronze na OBMEP mostra que a dedicação aos estudos tem valido a pena. “Foi muito importante para mim ser contemplado com a medalha de bronze na OBMEP, minha quarta medalha. Mesmo diante da dificuldade de um nível mais concorrido e uma prova mais difícil, ter a colocação para se conseguir a medalha faz valer o esforço e empenho nos estudos em matemática. Além da incrível oportunidade de poder participar do PIC (programa de iniciação científica) na qual recebo uma bolsa mensal e posso estudar matemática mais ainda”, comemora Brenno.

Quem também celebra a conquista de uma medalha de bronze na OBMEP é o estudante Victor Alexandre Borges Milhomem, do 2º ano do Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio. “É uma conquista da qual me orgulho muito. Sempre gostei muito de matemática e a OBMEP é algo que me alegra demais todos os anos, participo por prazer. E agora, com essa medalha, não será apenas algo que irei guardar para minha vida pessoal toda, mas também para a acadêmica, com ela posso mostrar do que eu sou capaz, ainda mais com a minha vontade de focar da área de TI e matemática”, destaca Victor que também agradece pelo apoio. “Sou muito grato a meus familiares e amigos que sempre me apoiam, e ao IFTO, por treinar seus alunos para a olimpíada, sinto que não conseguiria fazer uma das questões se não fosse as aulas preparatórias. Quero que o IFTO tenha melhores resultados ainda ano que vem! Que venham mais medalhas!”.

Menção Honrosa 

Confira os estudantes que receberam menção honrosa pela participação na competição: 

Artur Nascimento de Sousa - 1º ano do Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio
Bruna Raphaella Teixeira Brito - 1º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Elias Martins de Souza – 2º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Gabriel Henrique Cardoso Pinto - 1º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Hebert Bueto Soares Carreiro Martins - 2º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Hyago Hercolis Silva Queiroz - 2º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Karlos Daniel Ferreira Franca - 1º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Letícia Rezende Simão - 3º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Mariana da Cunha Rodrigues - 2º ano do Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio
Matheus Amancio Paim Costa - 1º ano do Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio
Messias Lopes dos Santos - 1º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio
Rhuan de Melo Honorato Nunes - 1º ano do Técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio

OBMEP

Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, a OBMEP  é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada - IMPA, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática – SBM, e promovida com recursos do Ministério da Educação - MEC e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações– MCTI. Os estudantes premiados na OBMEP, participam do Programa de Iniciação Científica JR. (PIC), que é realizado por meio de uma rede nacional de professores em polos espalhados pelo país e tem como objetivo despertar nos alunos o gosto pela matemática e pela ciência em geral. A edição de 2022 da Obmep contou com mais de 54 mil escolas participantes. Na primeira fase,  a Olimpíada contou com a participação de 18,1 milhões de estudantes. Já na segunda fase participaram mais de 834 mil estudantes. 

Com informações: http://www.obmep.org.br/