Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO prepara processo de migração e substituição de sistema acadêmico

Notícias

IFTO prepara processo de migração e substituição de sistema acadêmico

Ensino

O Siga-Edu será substituído pelo módulo educacional do Suap
por Thâmara Filgueiras publicado: 07/10/2022 11h17 última modificação: 07/10/2022 11h49

As equipes da Pró-reitoria de Ensino (Proen) e da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) trabalham no processo de migração e substituição do sistema acadêmico. Atualmente, o sistema utilizado para a gestão acadêmica (diário de classe, matrícula, cursos, relatórios, etc.) é o Sistema Integrado de Gestão Acadêmica da Educação Profissional e Tecnológica, o Siga-EDU.

Contudo, com o surgimento de novas tecnologias e a falta de atualização do sistema utilizado atualmente, o Siga-EDU ficou com a tecnologia obsoleta. Entre os problemas identificados no sistema atual está a falta de eficiência, em especial quando há muitos acessos em simultâneo.  

Para buscar uma alternativa viável e segura, foram realizados estudos de sistemas de gestão acadêmicos utilizados por outras instituições de ensino que atendam às necessidades de estabilidade, performance, custo-benefício, entre outros fatores. A partir desse estudo, optou-se por utilizar o módulo acadêmico do Suap, o Sistema Unificado da Administração Pública, o Suap-EDU, que cumpre os requisitos mencionados e conta com inúmeros profissionais de outras instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica que trabalham no seu desenvolvimento. 

Conheça as etapas do processo

Os estudos para verificar o melhor sistema para substituir o Siga-EDU iniciaram-se ainda no ano de 2018. Com a pandemia, o processo sofreu uma pausa, mas foi continuado neste ano de 2022, com a retomada das atividades presenciais. 

Desde então, diversos testes foram realizados, como o levantamento e a identificação dos dados iniciais para a migração de sistemas e a migração de um curso de cada nível (ensino médio e superior) e tipo (integrado, subsequente e graduação). Como parte dos testes, a implantação do curso superior de Tecnologia em Segurança Pública, realizado em parceria com a Polícia Militar do Tocantins, foi feita no Suap-EDU, a fim de testar as funcionalidades do novo sistema.

Em agosto, foram realizadas visitas a todas as unidades letivas do IFTO para que as equipes da Proen e DTI conversassem com os principais servidores impactados pela mudança, como é o caso dos profissionais que trabalham nas Coordenações de Registros Escolares (Cores), Diretorias e Gerências de Ensino, além de docentes em geral.

Até o mês de outubro, a equipe responsável pelo processo de migração e substituição do sistema acadêmico trabalha na revisão dos dados do Siga-EDU que terão equivalência com os do Suap-EDU. A partir de outubro, serão realizados treinamentos com os servidores técnicos administrativos que utilizam o sistema de gestão acadêmica. Para professores e estudantes, o treinamento presencial será realizado no início do próximo período letivo. Os treinamentos serão realizados tanto presencialmente como a distância. 

As equipes envolvidas nesse processo de migração e substituição de sistemas também publicarão uma página com tutoriais com as informações sobre a utilização do módulo de gestão acadêmica do Suap. É importante lembrar que o Siga-EDU funcionará até o final do período letivo de 2022. Por isso, o corpo docente precisa proceder com o fechamento dos diários até o esse período no Siga-EDU, para que a migração de dados para o Suap-EDU seja realizada.

A previsão é que a partir de janeiro de 2023 o novo sistema esteja implantado e em pleno funcionamento para que as novas matrículas e rematrículas sejam realizadas no Suap-EDU, assim como o gerenciamento dos demais dados letivos.