Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO produz estações de higienização para comunidade tocantinense

Notícias

IFTO produz estações de higienização para comunidade tocantinense

Enfrentamento à Covid-19

Projeto foi desenvolvido por professor e estudantes da unidade de Gurupi
por Maiara Sobral publicado: 03/11/2020 12h11 última modificação: 03/11/2020 12h32

O Instituto Federal do Tocantins (IFTO), por meio da Pró-reitoria de Extensão (Proex) e do curso de Engenharia Civil da unidade de Gurupi, promove o projeto de extensão: Estações de Higienização, que consiste em cabines de fácil instalação para lavagem das mãos.  A iniciativa é uma entre as várias ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19, que estão sendo desenvolvidas pelo Instituto. Confira o Manual da Estação.

"O projeto de extensão possui uma grande importância por ajudar à comunidade, as estações de higienização desenvolvidas servirão para auxiliar uma demanda que surgiu devido à pandemia e que continuará sendo importante mesmo após o surto. O desenvolvimento dela envolveu estudantes do curso de Bacharelado em Engenharia Civil, explorando a capacidade de solucionar problemas e a realização de trabalhos práticos", destaca o coordenador da ação, Rodrigo Fortes.

A produção das estações finalizou em outubro, agora os responsáveis estão elaborando o cronograma de entrega e instalação. A proposta é atender aos municípios tocantinenses, as cabines serão disponibilizadas para instituições públicas, preferencialmente, hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

A estudante Moni Kelly Soares ressalta a importância da participação no projeto para sua formação, "foi uma grande forma de aprendizado acerca de processos manufaturados como a pintura, carpintaria, dentro outros. Tais aprendizados, sem dúvidas, nos auxiliará futuramente. Também não se pode esquecer da forma como se trabalhou em equipe, nos quais os processos de determinadas pessoas foram decisivos para os de outras. No geral, foi uma experiência proveitosa".

"A participação de estudantes em projetos sociais faz com que os mesmos se envolvam com ideias que ajudam e contribuem para a sociedade. Além disso, adquire-se experiência ao se envolver com trabalho manual, trabalho em grupo e pensamento crítico, que transformam as pessoas e que agrega experiência de vida", complementa o estudante Wallace Wyslas  Costa, que também participa do projeto. 

O projeto foi viabilizado pela parceria entre a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) e o IFTO, por meio da Proex, em articulação com as unidades.