Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO recebe certificados de registros de programas de computadores

Notícias

IFTO recebe certificados de registros de programas de computadores

Segurança para as invenções

Trabalho foi desenvolvido por estudantes e servidores da Instituição
por Mayana Matos publicado: 19/02/2020 11h00 última modificação: 19/02/2020 11h07
Pra cego ver: uma mão segurando um símbolo representativo do globo terrestre e ao lado contém vários ícones que representam mão, lâmpada, telas de computador, gráficos, engrenagem. Fim da descrição.

Pra cego ver: uma mão segurando um símbolo representativo do globo terrestre e ao lado contém vários ícones que representam mão, lâmpada, telas de computador, gráficos, engrenagem. Fim da descrição.

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) concedeu ao Instituto Federal do Tocantins (IFTO) certificados de três novos registros de programas de computadores. Os registros são válidos por 50 anos, a partir de 1° de janeiro, subsequente à data de criação, motivo comemorado pela Instituição. São eles:   

Fish Death Risk: Programa que tem como objetivo estabelecer critérios visando a classificação de situações de risco de morte da ictiofauna em hidrelétricas. O autor da propriedade intelectual é o  professor da unidade de Palmas, Adriano dos Guimarães de Carvalho.

ERGP – Algoritmo de Extração de Regras Agrupamento e Poda:  Algorítmo que tem como objetivo possibilitar o encontro de padrões em grandes conjuntos de dados de modo mais eficiente em relação às técnicas tradicionais. O autor da propriedade intelectual é professor da unidade de Dianópolis, Diego de Castro Rodrigues.

Paraíso Saúde: Aplicativo Mobile Híbrido para atuar nas plataformas Android e IOS com intuito de promover e facilitar o acesso às informações relacionadas à área de saúde na cidade de Paraíso do Tocantins. Os autores são os professores Gislaine Pereira Sales e Jonas de Macedo Sousa Junior, e os estudantes Iblayr Assunção Vasconcelos, Luciano Guida Clemente, Vinnicyus Carvalho Gonçalves, Wesley Sousa Ferreira e Wyllian Fonseca Sales da unidade de Paraíso do Tocantins.

De acordo com a assessora de Propriedade Intelectual, Siméia Carvalho, "os registros dos programas de computadores possibilitam maior segurança jurídica e facilidade na prospecção de parcerias e transferência da tecnologia".

Siméia Carvalho ainda esclarece que, "o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) está de portas abertas para receber os servidores, alunos e a comunidade, e que o processo de solicitação de proteção da propriedade intelectual segue um fluxo simples no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), basta entrar em contato com o NIT, por meio do telefone 63 3229-2227 ou por e-mail nit@ifto.edu.br, que enviaremos o passo a passo e orientações necessárias".

O IFTO tem avançado com os processos de propriedade intelectual. Para a próxima semana, é aguardada a publicação de mais um certificado de programa de computador. Trata-se do programa Guarateca, desenvolvido pelo professor da unidade de Porto Nacional, Dêmis Carlos Fonseca Gomes e pelos professores e estudantes da unidade de Dianópolis, Diego de Castro Rodrigues, Joaquim Flávio Almeida Quirino Gomes e Marcos Dias da Conceição. O programa tem como propósito controlar as mais diversas estruturas robóticas de Arduino para competição. Desta forma, é possível que o usuário possa criar robôs para competições diversas, de forma mais fácil e intuitiva, visto que a biblioteca facilita o trabalho eliminando a necessidade da inclusão de diversas linhas de códigos as quais já foram implementadas na biblioteca.